Pigarro Pode Ser Sinal de Refluxo - ICOSONO Instituto Campineiro de Otorrinolaringologia e Sono

Embora seja associado a simples episódios de gripe ou resfriado, o pigarro (ou excesso de muco na garganta) merece uma atenção especial, principalmente se o problema for constante, pois a culpa pode ser do Refluxo Laringo-Faríngeo, que é o retorno do conteúdo do estômago para a laringe e a faringe.

Mas não há motivo para desespero! Primeiro porque esse refluxo tem tratamento, e segundo porque não é todo pigarro que está associado ao problema.

Tudo sobre Refluxo Laringo-Faríngeo

É bem parecido com o Refluxo Gastresofágico (do estômago para o esôfago), com a diferença que o Refluxo Laringo-faríngeo não necessariamente vem acompanhado dos mesmos sintomas, como azia e sensação de queimação no estômago e esôfago.

No Refluxo Laringo-Faríngeo, os sintomas são mais ligados aos ouvidos, nariz e garganta, com a presença de tosse, pigarro, rouquidão, entre outros.

O que causa Refluxo Laringo-Faríngeo?

As causas do Refluxo Laringo-Faríngeo são:

  • Excesso de produção de suco gástrico no estômago;
  • Problema ou alteração no esfíncter inferior do esôfago (espécie de anel muscular que impede o alimento em digestão no estômago de retornar para o esôfago);
  • Dietas e hábitos alimentares inadequados;
  • Predisposição genética.

Como diagnosticar o Refluxo Laringo-Faríngeo?

Na maioria das vezes, o paciente chega ao consultório do Otorrinolaringologista com a queixa de pigarro constante, bolo na garganta e tosse seca.

Para confirmar a presença do Refluxo Laringo-Faríngeo, o médico realiza um exame chamado videofaringolaringoscopia, uma espécie de endoscopia que permite a melhor visualização da laringe e da faringe para identificar algum tipo de alteração ou inflamação nos locais.

Como tratar o Refluxo Laringo-Faríngeo e acabar com o pigarro?

O tratamento para o Refluxo Laringo-Faríngeo é feito através de medicamentos que diminuem a produção de suco gástrico, orientações nutricionais, consulta com especialistas em Otorrinolaringologia e Gastroenterologia e, em alguns casos, cirurgia.

Como prevenir o Refluxo Laringo-Faríngeo?

A prevenção pode ser realizada por meio da adoção de hábitos alimentares saudáveis que incluem a diminuição do consumo de frituras, chocolate, álcool, café, mentolados e alimentos à base de farinha.

Também é importante alimentar-se a cada 3 ou 4 horas e evitar o cigarro.

O ICOSONO – Instituto Campineiro de Otorrinolaringologia e Sono é especializado no diagnóstico e tratamento de doenças Otorrinolaringológicas. Entre em contato e agende uma avaliação!

Continue acompanhando nossas publicações e até a próxima!