Máscara CPAP Para Tratar Apneia do Sono - ICOSONO Instituto Campineiro de Otorrinolaringologia e SonoO CPAP, sigla em inglês para Continuous Positive Airway Pressure, ou seja, Pressão Positiva Contínua nas Vias Aéreas, é a Máscara para Tratar Apneia Obstrutiva do Sono do Sono  e Ronco mais popular.

A técnica consiste em utilizar um pequeno aparelho compressor de ar silencioso e de alta tecnologia que se conecta, por meio de um tubo flexível, a uma máscara ajustada ao nariz ou ao nariz e boca do paciente. Esse aparelho fornece uma pressão positiva responsável prevenir a obstrução da garganta e o fechamento da via aérea durante o sono.

Tipos de Máscaras para CPAP

Existem 4 tipos de máscaras para CPAP:

  • Máscara Nasal: envolve a região do nariz, sendo indicada para pessoas que não possuem uma obstrução nasal muito acentuada;
  • Máscara de Almofadas Nasais: fica somente na região do nariz. É uma ótima alternativa para quem busca mais conforto, pois é menor e mais confortável de usar. As almofadas nasais são indicadas para tratamentos com níveis baixos de pressão;
  • Máscara Facial Total: abrange todo o rosto. É indicada para quem teve dificuldade em se acostumar com os outros modelos. Também é uma boa opção para quem tem barba, usa dentadura ou possui irregularidades faciais;
  • Máscara Facial Oronasal: encobre as áreas do nariz e da boca. É indicada para pessoas que respiram pela boca, como aquelas que sofrem de Rinite, Sinusite ou desvio de septo nasal.

Como o CPAP trata a Apneia do Sono?

O uso do dispositivo consiste em evitar o fechamento da passagem do ar para os pulmões, o que pode ser causado por desvio de septo nasal, adenoides aumentadas, relaxamento excessivo da língua, estreitamento das vias aéreas, entre outros fatores que facilitam o surgimento da Apneia do Sono e do Ronco.

O tratamento com o CPAP melhora a qualidade do sono e, consequentemente, alivia os sintomas do sono insuficiente, como dores de cabeça, cansaço, falta de concentração, sonolência e problemas de memória.

O CPAP faz barulho?

Não. Os aparelhos mais modernos proporcionam uma respiração natural de maneira extremamente silenciosa.

Caso haja algum barulho, pode ser sinal de algum vazamento ou de que o aparelho está com defeito. Neste caso, o ideal é procurar o seu médico para esclarecer o problema.

O CPAP também trata o ronco?

Sim. Além de tratar a Apneia Obstrutiva do Sono, o CPAP também trata o ronco ao gerar uma “bolsa” de ar na garganta que impede as estruturas de se aproximem demais uma das outras, evitando o seu estreitamento ou obstrução.

O CPAP usa oxigênio?

Não, o CPAP utiliza o ar ambiente, pois seu único objetivo é manter a garganta aberta para permitir a passagem do ar enquanto dormimos.

Porém, caso haja necessidade, é possível acrescentar o uso de oxigênio ao CPAP.

O CPAP usa energia elétrica?

Sim, o aparelho fica ligado diretamente na energia elétrica. Caso haja queda de energia durante a noite, o paciente não será afetado, pois continuará a respirar como antes, porém, com o aparelho desligado.

Alguns modelos de CPAP contam com baterias.

Vou ter que usar o CPAP para a vida inteira?

Nem sempre! O tempo de uso irá depender do tipo de distúrbio e da indicação do médico. E mesmo que seja necessário utilizar o aparelho para o resto da vida, o CPAP não será o mesmo que existe hoje.

A cada ano que passa, as máscaras estão cada vez menores e mais confortáveis, o que torna o seu uso e a adaptação mais fáceis.

Qualquer pessoa pode usar o CPAP?

Não. A indicação do uso do CPAP depende de uma avaliação minuciosa do especialista em Medicina do Sono. O uso do equipamento sem a devida orientação pode trazer riscos à saúde.

Para saber mais sobre o CPAP e outros tratamentos para Apneia do Sono e ronco, continue acompanhando nossas publicações.

O ICOSONO – Instituto Campineiro de Otorrinolaringologia e Sono é especializado no diagnóstico e tratamento dos principais Distúrbios do Sono. Entre em contato e agende uma avaliação!

Até a próxima!